quarta-feira, 7 de outubro de 2009

História das Autárquicas na Figueira da Foz (VIII)

2001
As primeiras do Século XXI, realizadas a 16 de Dezembro. Sem grandes novidades, o que quer dizer que continuou tudo na mesma. O PSD, agora sem Santana Lopes, obteve o mesmo resultado de 4 anos antes, novamente à “glorioso”, ou seja, conseguiu manter os seis vereadores contra os 3 do “ps”, apesar de ter perdido cerca de 5 mil votos.
A abstenção subiu de 34 para perto de 41%, numas eleições em que a CDU recuperou parte do seu eleitorado que houvera fugido para a arrasadora candidatura “alfacinha” em 1997. O vice-presidente de Santana Lopes, engenheiro Daniel dos Santos, que concorre este ano numa lista independente, foi o cabeça de lista à Assembleia Municipal, tendo cumprido o mandato como presidente daquele órgão.
E foram as primeiras eleições em que a “considerada” extrema-esquerda não concorreu. A outra novidade é que também foram as primeiras eleições em que o número de inscritos baixou (!), perto de mil eleitores.
Foi a segunda maioria absoluta do PSD após duas absolutas do “ps”. Não se pode dizer que o eleitorado não é equitativo. Monocórdico, mas equitativo.


Os resultados:
PSD, 17.021 votos, 51,68%, 6 mandatos
PS, 11.073 votos, 33,62%, 3 mandatos
CDU, 2.437 votos, 7,40%,
CDS, 1.125 votos, 3,42%
Votos brancos, 821, 2,49%
Votos nulos, 461, 1,40%
Votantes: 32.938, 59,24%
Abstenção: 22.663, 40,76%
Inscritos: 55.601

Sem comentários:

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Coloque o seu email, aqui, e terá as actualizações do Blog no seu email

Copyright © 2008 Blog dos Carvalhais [TM]. All Rights Reserved