sexta-feira, 28 de março de 2014

Cerca de 300 funcionários da Soporcel poderão accionar fundo de pensões até 2017

A intenção é impugnar aquele acto administrativo, embora, de acordo com a Comissão Sindical, não esteja posta de parte o recurso aos tribunais contra a própria empresa, que pretende alterar as regras de funcionamento do fundo de pensões actual.
 
Cerca de 300 trabalhadores da Soporcel, quase metade dos 697 funcionários da papeleira, poderão accionar o fundo de pensões até 2017, razão para a empresa querer mudar as regras daquele complemento remuneratório, disse, esta quarta-feira, fonte sindical.
"Entre 2014 e 2017 cerca de 300 trabalhadores estarão em condições de accionar o fundo de pensões. Significa que estamos a falar de montantes significativos, há que tornar isto mais barato, mais sustentável", disse aos jornalistas António Moreira, coordenador da União Sindicatos de Coimbra.
Em conferência de imprensa realizada esta quarta-feira na Figueira da Foz, representantes da comissão sindical da Soporcel e dirigentes sindicais anunciaram a intenção dos trabalhadores intentarem uma acção no Tribunal Administrativo contra a decisão do Instituto de Seguros de Portugal (ISP) em autorizar o novo fundo de pensões da empresa.
A intenção é impugnar aquele acto administrativo, embora, de acordo com a Comissão Sindical, não esteja posta de parte o recurso aos tribunais contra a própria empresa, que pretende alterar as regras de funcionamento do fundo de pensões actual.
Ver mais aqui

Sem comentários:

Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo

Coloque o seu email, aqui, e terá as actualizações do Blog no seu email

Copyright © 2008 Blog dos Carvalhais [TM]. All Rights Reserved